Inovação na indústria é importante. Mas como estruturá-la?

Inovação na indústria é importante. Mas como estruturá-la?

Inovação é a palavra-chave quando o assunto é competitividade na indústria. Garantir maior qualidade, diferenciação, melhor atendimento e entregas mais ágeis são algumas das estratégias de inovação adotadas e necessárias para que o seu negócio se destaque perante tantos outros concorrentes.

A TNS, que possui em sua essência a inovação como uma de suas principais estratégias de mercado, possui uma gestão da inovação interna estruturada com base na metodologia NUGIN de forma a estudar todas as ideias geradas, implementar aquelas que forem promissoras e analisar os resultados gerados através da implementação das mesmas por indicadores. Assim, contribuímos para tornar o ambiente aberto a ideias de desenvolvimento de novos produtos e de novas ações que contribuam para a aceleração de processos internos.

Gestão da Inovação na realidade TNS

A gestão da inovação é utilizada como catalisador de novos projetos e processos dentro na TNS. Quando uma ideia nova surge por parte de algum colaborador ou quando algum de nossos parceiros/clientes apontam demandas, tendências, visões de mercado ou outras necessidades da indústria, compilamos todas as ideias em um funil: popularmente chamado de funil de inovação aberta. Este funil possui determinados filtros, seletivos para ideias destinadas ao desenvolvimento de novos produtos e ideias puramente voltadas às capacitações de nossos membros ou de otimização de nossos processos.

O primeiro filtro pela qual as ideias de novos produtos passam é um estudo geral sobre a aplicabilidade da ideia na indústria, que engloba o impacto gerado por ela, o tempo de desenvolvimento, a importância para o mercado dentre outra série de perguntas específicas com pesos diferentes que geram uma pontuação final. Se essa pontuação passa por uma determinada nota de corte, consideramos a ideia para ser reavaliada por um estudo aprofundado – um segundo filtro onde dedicamos nossa equipe e nosso tempo para estudarmos a real aplicabilidade da mesma (qual mercado atingido? qual impacto? qual parcela do mercado podemos alcançar? É inédita? Quantas pessoas e quanto tempo precisaremos para desenvolvê-la?). Se verificamos que a idéia é realmente promissora para desenvolver um novo produto, temos um novo projeto a realizar! Devido a essa gestão, nossa equipe já acrescentou cerca de três novos produtos em nosso portfólio, alcançando maiores fatias de um setor ou até mesmo entrando em novos mercados.

A ideologia VER E AGIR

As idéias de gestão, por sua vez, são inicialmente implementadas na metodologia VER-E-AGIR, que consiste em suma implementar a nova ideia imediatamente sem burocracia interna. Assim que uma nova ideia surgir de um colaborador, o mesmo reserva uma pequena parcela do seu dia para implementá-la e difundi-la na empresa. São ações simples que alinham os membros de seus respectivos setores, seja por meio de novas planilhas de análise de cases de sucesso ou por um novo método de organização do laboratório que facilitam o dia a dia da empresa. O resultado nos torna mais ágeis e menos burocráticos internamente. Idéias que requerem maior preparação para ser implementadas, como uma doação de sangue coletiva por exemplo, são planejadas pela equipe de inovação para que o maior número de colaboradores participem. Além disso, separamos todas as quintas-feiras no intervalo de almoço um tema pertinente para apresentação e discussão que envolvam todos os membros da empresa para diminuir entraves entre os setores e ampliar a propagação de informações e alinhamentos.

Por fim, analisamos todas essas mudanças e tempo despendido em fazer o diferente. Utilizamos para isso indicadores e métricas, que monitoramos trimestralmente para avaliar os impactos gerados por cada mudança de comportamento e por cada ideia promissora aplicada. Nossos membros ainda são gratificados com bônus e prêmios para aqueles que se destacaram na hora de fazer a diferença.

Desta forma, colaboramos para manter nossos membros motivados e abertos a gerar novas ideias, mantemos uma metodologia para gerar inovação e ainda estudamos as métricas alcançadas através da gestão. Ainda, essa metodologia resultou o primeiro lugar no prêmio Primus Assintecal na categoria Inovação Tecnológica, a qual se tratava da gestão da inovação para fomentar  ideias inovadoras. A TNS sabe que um ambiente inovador e a entrega de soluções inovadoras é a saída para entregar diferenciação e ganhar na competitividade na indústria. E você, vai ficar parado?