10 Perguntas mais frequentes sobre os antimicrobianos TNS

10 Perguntas mais frequentes sobre os antimicrobianos TNS

O que devo saber sobre microrganismos?

Estamos rodeados de uma infinidade de pequenos, microscópicos, organismos. Bactérias, algas, fungos e até parasitas. Eles podem ser benéficos a nossa saúde, como é o caso de algumas bactérias do gênero Lactobacillus e leveduras Saccharomyces, utilizadas na indústria para produção de alimentos.

Porém, a maioria dos microrganismos podem ser bastante perigosos. Um caso especial é o das bactérias, como Escherichia coli, Bacillus cereus ou Staphylococcus aureus, capazes de causar desde intoxicação alimentar até septicemia, sendo conhecidas por se reproduzirem centenas de vezes em um espaço de poucas horas.

O que são antimicrobianos?

Antimicrobiano é o nome genérico dado a compostos, sintéticos ou naturais, capazes de bloquear o crescimento de microrganismos. Existem compostos que retardam a multiplicação de fungos, por exemplo; outros, confundem bactérias durante a fase de crescimento para que não causem problemas – como a formação dos temidos “biofilmes”. Os mais potentes, porém, são aqueles que causam a morte, propriamente dita, das células microbianas. Desse grupo, os mais conhecidos são os medicamentos antibióticos, mas até mesmo esses poderosos compostos estão encontrando problemas em combater infecções atualmente – dado o surgimento das superbactérias.

Os aditivos TNS contribuem para a formação de superbactérias?

Não. O uso indiscriminado de antibióticos, e a rápida adaptação dos microrganismos, faz com que eles se tornem resistentes a esses agentes, criando através de evolução genética as chamadas superbactérias, uma grande preocupação para a humanidade atualmente. Segundo estudos da Organização Mundial da Saúde, divulgados em 2015, doenças que eram facilmente tratadas poderão levar a óbito 10 milhões de pessoas até 2050. A TNS trabalha com produtos que não fazem uso antibióticos orgânicos para garantir sua atividade antimicrobiana, buscando, através de múltiplas frentes, garantir a erradicação da virulência dos microrganismos.

Como funcionam os aditivos antimicrobianos TNS?

A atuação dos antimicrobianos TNS baseia-se em três mecanismos possíveis: a liberação de íons que destroem a membrana celular dos microrganismos, o impedimento de suas funções respiratórias e da reprodução do seu material genético. Eliminando as bactérias, fungos e biofilmes formados por eles, atua-se na manutenção da saúde e bem-estar da população, na biossegurança e aumento de vida útil de produtos.

A nanotecnologia é segura? E a prata?

Sim. Com relação ao meio ambiente, uma pesquisa conduzida na Suíça mostrou que as nanopartículas de prata após o seu uso são rapidamente transformadas em substâncias inofensivas durante seu caminho para a planta de tratamento de águas da cidade, além de 95% do volume ser aderido ao lodo durante esse processo. A forma inerte de sais (sulfeto de prata) e óxidos (óxido de zinco) são inofensivas ao meio ambiente e aos seres humanos. Além disso, estudos conduzidos no Instituto Hohenstein, na Alemanha, mostram que tecidos incorporados com, por exemplo, nanopartículas de prata em contato com a pele são inofensivos ao ser humano.

Em que produtos pode-se incorporar aditivos antimicrobianos TNS?

Graças ao potencial e versatilidade da nanotecnologia ela é considerada uma tecnologia abrangente. É possível encontrar diferentes aplicações nas mais diversas áreas da indústria. Exemplos de onde podemos encontrar desenvolvimentos em nanoescala são: cerâmicos, tintas, tecidos, indústria de polímeros, médico-hospitalar, veterinário, entre outras.

Quanto tempo a proteção antimicrobiana ficará ativa? Ela afetará a cor, cheiro ou outra característica do meu produto?

A proteção antimicrobiana TNS é baseada em soluções bacteriostáticas, isto é, não são removidas por lixiviação, seja por limpeza da superfície ou outras formas de abrasão. O tempo de atividade do produto varia para cada situação, podendo, em muitos casos, se estender para toda a vida útil do produto. Além disso, nossos aditivos são elaborados para não causar alterações na cor, odor, propriedades mecânicas ou qualquer outra característica que se aplique ao material desejado, nem na aplicação, nem durante o uso.

Quais os princípios ativos TNS para o combate aos microrganismos?

Nossos produtos são compostos principalmente de nanopartículas de prata, micropartículas de zinco, ou uma combinação dos dois. Além disso, as soluções TNS podem vir na forma de pó, masterbatch ou líquida (base álcool ou água)! A decisão estratégica de qual produto se adequa melhor a sua aplicação pode ser discutida com nosso suporte técnico.

Que tipo de microrganismos os aditivos TNS são capazes de exterminar?

Os antimicrobianos TNS possuem comprovada eficácia de até 99,99%, contra um amplo espectro de bactérias e fungos encontrados em diferentes nichos: serviços de alimentação, indústrias, hospitais, ambientes públicos e domiciliares, clínicas odontológicas, dentre outros.

Como a ação dos aditivos TNS é comprovada?

A TNS recomenda a utilização de instituições certificadas pela Rede Brasileira de Laboratórios Analíticos em Saúde (REBLAS). Tais laboratórios utilizam normas internacionais que comprovam a ação antimicrobiana de diversos materiais, adotando metodologias de ensaios laboratoriais e pode atestar, perante o desenvolvimento conjunto, essa eficácia na sua aplicação personalizada. Venha desenvolver conosco!

Artigo escrito por Vendelino Oenning Neto

TNS_CTA_eBook13_SaudeAnimal